terça-feira, 29 de outubro de 2013

Moça, você é machista

                                                                                         Por Vitória Preza


    Em pleno século XXI, ano de 2013, eu ainda ouço que "mulher tem que se valorizar" e o pior é que na maioria das vezes essa frase é dita por outras mulheres. 
    Não que esse termo me incomode de alguma maneira, mas o uso errado dele sim. "Se valorizar" não tem nada a ver com jeito de se vestir, jeito de falar ou de agir com o sexo oposto. Para mim se valorizar é não se permitir ser inferior a alguém e nada além disso.
    Por que quando uma menina fica com 2 meninos na balada de sábado, na segunda-feira já é a mais galinha da escola? Enquanto o menino que fica com 7,8, 10... e até mais, é o fodão? 
   Quando se trata desse assunto o termo que as pessoas mais gostam de usar é o "vulgar"... "Nossa que roupa vulgar"... "Que mulher vulgar, olha o vestido dela que curto"... Já cheguei até a ouvir que uma mulher bebendo cerveja é vulgar. Desde quando um líquido em um copo te torna vulgar? V-U-L-G-A-R, nossa que palavra feia. Acho que deveria ser classificada como sinônimo de PRECONCEITO. 
    Fora os caras que acham mais "confiável" namorar uma menina que seja virgem. (Aé, porque é comprovado cientificamente que quando uma menina não é mais virgem ela tem tendência a trair o namorado, assim como é comprovado que usar vestido curto, short ou decote quer dizer que você está se oferecendo pra qualquer coisa que tenha um pênis. Não importa se tá um calor de 39°C ou se é o teu direito de usar a roupa que quiser, se tá usando uma roupa consideravelmente curta, você é uma puta que está se oferecendo e até pedindo pra ser estuprada).
    Mas isso é graças a quem? Não estou culpando todas as mulheres do mundo, mas sim as que se limitam ao padrão da mulher que "se valoriza". Porque se as mulheres parassem com essa mania de criticar tudo nas outras mulheres e não deixassem a sociedade machista impor o que nós devemos usar, fazer ou falar, não seria algo tão normal impor o que é certo ou errado na personalidade alheia.
   Pois bem, um beijo pra você e para os seus peitos Ines Brasil, pra você Valesca Poposuda que assiste Glee e shippa Finchel e pra você e pra sua língua nervosa Miley Cyrus. 


 



Esses e outros posts inteligentes e com bons argumentos vocês encontram na page Moça, você é machista

5 comentários:

  1. Resumindo vivemos num mundo machista, tanto do lado feminino quanto do lado masculino ....
    Bem colocado!!!

    Abraços e carinhos,
    My
    www.massovita.com

    ResponderExcluir
  2. o mundo realmente é muito machista ! aff
    Seguindo flor,
    visita? http://adolescentes-atualizadas.blogspot.com.br/
    bjs

    ResponderExcluir
  3. adorei esse post,infelizmente o mundo é muito machista

    gostei muito do seu blog já estou seguindo ;)

    conheça meu cantinho http://mariana-fnb.blogspot.com.br/
    beijos

    ResponderExcluir
  4. cansada desse vitimismo feminsita....na hora de nos fazermos de mercadorias sexuais,feminista aplaude e encoraja; na hora da consequências,somos pobres vítimas do patriarcado..farta dessa patifaria feminazi....

    ResponderExcluir